O que influencia no preço de um vinho?

O vinho é uma bebida excepcional e acompanha diversos pratos e ocasiões, afirma Marco Antonio Carbonari, especialista em vinhos e proprietário de uma renomada vinícola no interior de São Paulo, no Vale do Baú, a Villa Santa Maria.

Por possuir diversas propriedades e singularidades, os vinhos se diferenciam muito em sua composição, aroma, sabor e textura. Sem contar a região produzida, a safra, a espécie da uva, o processo de fabricação, a idade, todos esses elementos influenciam o resultado final e, consequentemente, o preço da bebida.

O empresário Marco Antonio Carbonari entende que uma das coisas mais importantes em relação ao valor final da bebida é a qualidade da vinícola, bem como a qualidade e a tradição empregada no processo de obtenção da bebida. Vinícolas especializadas e confiáveis possuem sistemas arrojados e precisos para entregar o melhor ao consumidor final.

Contudo, não é apenas isso que influencia o valor final do vinho. Desde o processo de plantio e cultivo, até a fabricação e o consequente processo logístico dita e muito a precificação. Vale ressaltar aqui que há vinhos bons e baratos possuindo um ótimo custo-benefício.

Além disso, a mão de obra especializada também conta muito, afirma Marco Antonio Carbonari. Todo o processo influencia no produto final, por isso, vinhos e rótulos raros são mais caros. É válido ressaltar que o processo de fabricação da bebida é um dos pontos principais, tendo em vista que podem ser mais sofisticados ou não.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui