Prêmios de títulos do Tesouro Direto recuam na tarde nesta quarta-feira

SÃO PAULO – Os prêmios oferecidos pelos títulos públicos negociados via Tesouro Direto viraram para queda na tarde desta quarta-feira (10), depois de apresentarem forte alta na abertura dos negócios.

O Tesouro Prefixado com vencimento em 2026 pagava um prêmio anual de 7,08%, ante 7,11% na tarde de ontem. O prêmio oferecido pelo mesmo papel com prazo em 2024, por sua vez, cedia de 6,52% para 6,46% ao ano.

Entre os títulos atrelados à inflação, o com vencimento em 2026 pagava uma taxa anual de 2,71% nesta tarde, ante 2,73% anteriormente, enquanto o juro pago pelo Tesouro IPCA+ 2045 era de 3,59%, ante 3,60% na sessão anterior.

Já os papéis indexados à Selic para 2024 e 2027 ofereciam remuneração acima da taxa básica de juros de 0,15% e 0,32%, respectivamente.

Leia também:
Tesouro Direto lança três títulos públicos na plataforma; entenda

Confira os preços e as taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto nesta quarta-feira (10):

Fonte: Tesouro Direto

Auxílio emergencial e inflação

Entre os destaques do dia na cena doméstica, investidores monitoraram as discussões acerca de um novo benefício fiscal para minimizar os impactos financeiros da pandemia.

Ontem, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que a recuperação da economia está perdendo força. Em sua avaliação, a nova variante do coronavírus encontrada na Amazônia e a vacinação lenta atrapalham a retomada.

A fala ocorre em um momento em que a proposta de criação de uma nova rodada de auxílio emergencial ganha força no Congresso. Segundo informações publicadas pelo jornal Valor Econômico, o Ministério da Economia negocia com o Congresso a edição de uma nova PEC de Orçamento de Guerra, que permitiria ao governo gastar acima do teto de gastos.

Leia mais:
Equipe econômica tem disputa contratada com mundo político na renovação do auxílio emergencial

Também vem sendo discutido avançar sobre o ajuste fiscal por meio da PEC Emergencial. E a criação de um imposto temporário sobre movimentações financeiras, nos moldes da antiga CPMF.

Ainda no âmbito político, a Câmara dos Deputados aprovou ontem, por 363 votos a 109, o requerimento de urgência para o projeto que estabelece a autonomia do Banco Central. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), colocou o texto em discussão logo em seguida e a expectativa é de que a proposta seja votada hoje.

Entre os indicadores domésticos, as vendas no varejo caíram 6,1% em dezembro ante novembro, bem pior do que a queda esperada pelos economistas consultados pela Bloomberg, de 0,7%.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), esta foi a queda mais intensa para um mês de dezembro de toda a série histórica, iniciada em 2000.

Por fim, no noticiário de vacinação contra o coronavírus, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu ontem que vacinas compradas pelo Ministério da Saúde por meio do consórcio internacional Covax Facility, que reúne 150 países liderados pela Organização Mundial de Saúde (OMS), estão dispensadas da exigência de registro e de autorização temporária para uso emergencial.

A previsão é de que o país receba 10,6 milhões de doses de vacinas por meio do consórcio no primeiro semestre de 2021. No total, o país deverá receber 42 milhões de doses, por R$ 2,5 bilhões.

Cena internacional

No ambiente internacional, os investidores aguardaram o discurso do presidente do Federal Reserve (o banco central americano), Jerome Powell, enquanto monitoraram as discussões sobre um pacote de estímulos à economia dos Estados Unidos.

Na Câmara dos EUA, congressistas divulgaram na segunda (8) detalhes da proposta, que inclui o pagamento direto de US$ 1.400 a cidadãos que ganham até US$ 75 mil por ano, como parte do pacote de US$ 1,9 trilhão defendido pela gestão do democrata Joe Biden.

Democratas rechaçaram a ideia de limitar o pagamento integral do auxílio a cidadãos que ganhassem até US$ 50 mil, mantendo o patamar de US$ 75 mil e reduzindo mais intensamente o valor do repasse para o caso daqueles que ganham acima deste patamar.

Investidores também acompanharam o processo de impeachment contra o ex-presidente republicano Donald Trump, que teve início na terça. É o segundo processo de impeachment contra o político, que se iniciou com o debate sobre a constitucionalidade do processo, levando em conta que Trump já deixou seu cargo.

Já pensou em ser um broker? Esta série gratuita do InfoMoney mostra como entrar para uma das profissões mais bem remuneradas do mercado. Deixe seu e-mail abaixo para assistir.

The post Prêmios de títulos do Tesouro Direto recuam na tarde nesta quarta-feira appeared first on InfoMoney.