Josué Eraldo da Silva comenta as inovações mais bem investidas nos últimos tempos na construção civil

A construção civil está constantemente se transformando. Isso porque ela é moldada de acordo com as necessidades de uma sociedade, e dessa forma, sofre alterações constantemente. A tecnologia na construção civil é um dos fatores que mais influenciou os processos no setor.

Com tantos anos de existência, sendo uma das carreiras mais antigas, alguns processos passaram a serem prejudiciais para o planeta Terra, sendo a indústria da construção civil, uma das mais poluentes nos dias atuais. Sendo preciso, portanto, que os estudos passem a ser colocados em prática.

Josué Eraldo da Silva, um dos maiores empresários do setor da construção civil, releva que uma das tendência está sobre a impressão 3D. Em crescente ascensão, o uso da impressão 3D tem sido estudado para variadas aplicações na construção civil, desde as mais simples até as mais inovadoras.

Há também o software de inspeção que vêm sido desenvolvido vários softwares que visam controlar a observância das normas de segurança nos locais de trabalho. Um grande exemplo dessa tecnologia é o Lifting Inspection Software – LOLER, desenvolvido pela empresa britânica Kinetic Enterprise.

Além da tecnologia de Realidade Virtual (VR Technology), que faz parte de uma materialização de um determinado objeto através de imagens “reais”, pode incluir desde a visualização de projetos 3D até o treinamento de trabalhadores para o uso de guindastes e outros equipamentos. Dessa forma, a VR Tech pode melhorar as condições de trabalho, otimizar tempo e dinheiro.

Há também o Building Information Modelling, que é mais conhecido como “BIM” que consiste em um conjunto de políticas, processos e tecnologias que, combinados, geram uma metodologia para gerenciar o processo de projetar uma edificação ou instalação e ensaiar seu desempenho, gerenciar as suas informações e dados, utilizando plataformas digitais (baseadas em objetos virtuais), através de todo seu ciclo de vida.

De acordo com Josué Eraldo da Silva, pode-se dizer que a combinação de BIM e VR Tech representam a maior revolução para o setor da construção civil das últimas décadas. Juntas, essas tecnologias têm auxiliado na criação de versões precisas e interativas dos projetos. Essa realidade altera, além dos modos de trabalho, também a própria concepção, desenvolvimento e execução dos projetos da área.

Para Josué Eraldo da Silva, essas tecnologias podem reduzir o impacto ambiental, econômico e nos prazos de entregas das obras, com a capacidade de detectar erros antes mesmo da execução dos projetos, proporcionado a possibilidade, portanto, de possíveis alterações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui