SuperFrango: o empreendedor que vendeu a casa para criar frango e construiu negócio bilionário

SÃO PAULO – O goiano Zé Garrote já vendeu casa, carro, farmácia e apartamento para investir na criação de frango em uma sociedade com o sogro, que começou em 1981. E não fez isso apenas uma, mas sim três vezes, conforme o negócio foi precisando de mais capital.

“A segunda vez foi muito difícil. Ninguém na região acreditava que dava pra construir um abatedouro e vender tudo aquilo de frango”, relembrou Garrote em entrevista ao podcast Do Zero ao Topo.

A segunda venda do patrimônio serviu para construir o abatedouro na região de Itaberaí, a 90 quilômetros de Goiânia. Foi ali que o empreendedor construiu a São Salvador Alimentos — conhecida principalmente pela marca SuperFrango — que hoje fatura cerca de R$ 2 bilhões por ano. Não sem antes passsar por sustos: quase quebrou duas vezes.

A história completa da empresa é tema do episódio 91 do podcast Do Zero ao Topo. É possível seguir o programa e escutar a entrevista via ApplePodcastsSpotifyDeezerSpreakerGoogle PodcastCastbox,Amazon Music e outros agregadores de áudio do país.

Atuando com a marca SuperFrango no pequeno varejo no Brasil e exportando para mais de 38 países, a companhia de Goiás se destaca por ter construído uma estratégia que lhe traz altas margens de lucro.

Em fevereiro, a empresa protocolou um pedido para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa brasileira. Questionado sobre o assunto, Garrote afirma que o mercado de capitais é uma das vias para poder crescer, mas que uma oferta virá em uma hora “confortável”.

“Não digo que vou fazer o IPO agora, daqui a dois anos ou daqui a dez. Eu preciso fazer em uma hora confortável, em que tenha condição de fazer um crescimento”, afirmou. Confira a história completa no podcast.

Sobre o Do Zero ao Topo

O podcast Do Zero ao Topo traz, a cada semana, um empresário de destaque no mercado brasileiro para contar a sua história, compartilhando os maiores desafios enfrentados ao longo do caminho e as principais estratégias utilizadas na construção do negócio.

O programa já recebeu nomes como André Penha, cofundador do QuintoAndar, David Neeleman, fundador da Azul, José Galló, executivo responsável pela ascensão da Renner, Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos, Artur Grynbaum, CEO do Grupo Boticário, Sebastião Bonfim, criador da Centauro e Edgard Corona, da rede Smart Fit.