Inflação do varejo nos EUA sobe 0,8% em abril frente março, bem acima do esperado

SÃO PAULO – Dado bastante esperado pelos investidores, a inflação do varejo nos EUA em abril teve alta de 0,8% na comparação com março e de 4,2% frente abril de 2020, acima do esperado pelos economistas.

A expectativa, segundo consenso Refinitiv, era de alta de 0,2% frente março de 2021 e variação positiva de 3,6% na comparação com abril de 2020.

O núcleo da inflação (excluindo dados como comida e energia) teve alta ainda maior, de 0,9% na comparação mensal. Na comparação ano a ano, a alta é de 3%.

A recuperação robusta da economia americana tem sustentado preocupações a respeito da persistência e magnitude da pressão inflacionária no país. Assim, um dado acima do esperado alimenta ainda mais as apostas sobre altas de juros e de que o Federal Reserve pode encurtar seu cronograma para reduzir o estímulo.

Cabe destacar que o indicador teve alta de de 0,6% no mês de março, impulsionada em grande parte pelo cheque de US$ 1.400 do governo americano e pelo impulso dado pela reabertura econômica, consequência dos avanços na vacinação, conforme destaca a Infinity Asset.

Série gratuita ensina na prática como identificar ativos com excelente potencial de valorização. Clique aqui para se inscrever.

The post Inflação do varejo nos EUA sobe 0,8% em abril frente março, bem acima do esperado appeared first on InfoMoney.