FDA encontra tinta descascada e detritos em fábrica de vacina contra a Convid-19 da J&J nos EUA

(Reuters) – A Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos disse ter concluído a inspeção de uma fábrica da Johnson & Johnson no país que produz vacinas contra a Covid-19 e pediu a correção de problemas como pinturas descascadas e detritos soltos no local.

A Emergent Biosolutions , dona da fábrica, disse no início desta semana que interromperia a produção novo material de medicamento na fábrica, enquanto a FDA conduzia a inspeção nas instalações.

O relatório de conclusão da inspeção do FDA, também conhecido como “Formulário 483 da FDA”, citou observações incluindo falha no treinamento de pessoal para evitar a contaminação cruzada de vacinas contra a Covid-19 da Johnson & Johnson e da AstraZeneca.

O FDA também disse nesta quarta-feira que o prédio usado para a fabricação dos componentes das duas vacinas não tinha tamanho e design adequados para facilitar a limpeza e manutenção.

A instalação não foi autorizada pelo órgão regulador a fabricar ou distribuir qualquer vacina contra a Covid ou componente da Johnson & Johnson e, até o momento, nenhuma vacina fabricada nesta fábrica foi distribuída para uso nos Estados Unidos.

Aprenda como ganhar dinheiro prevendo os movimentos dos grandes players. Na série gratuita Follow the Money, Wilson Neto, analista de investimentos da Clear, explica como funcionam as operações rápidas.

The post FDA encontra tinta descascada e detritos em fábrica de vacina contra a Convid-19 da J&J nos EUA appeared first on InfoMoney.