Você tem o costume de correr e gosta que seu cachorro te acompanhe? Esse post foi feito para você. O atleta e empresário Weber Micael da Silva trouxe algumas dicas para você aproveitar esse momento de ficar em forma e desfrutar da companhia do seu bichinho de estimação. No entanto, é preciso tomar alguns cuidados para preservar sua saúde e do seu cachorro. Confira essas dicas:

Se atente à saúde do cachorro

A primeira informação útil sobre correr com cachorros é que nem todas as raças de cachorros podem praticar a corrida. Geralmente são os cães de focinho curto que não podem correr, mas verifique com o seu veterinário. O profissional irá avaliar as condições de saúde do cachorro através de alguns exames e a partir dos resultados você já pode começar a praticar corrida com o cão.

Horário ideal

Prefira os períodos do dia em que as temperaturas estejam mais frescas, alerta Weber Micael da Silva. Lembre-se que as calçadas, o asfalto e até mesmo a areia da praia quando estão em temperaturas muito altas podem gerar queimaduras e bolhas nas patas do cachorro, muitas vezes essas queimaduras podem ficar muito graves. Após as refeições também não é indicado correr, espere ao menos uma hora.

Hidratação

Fique atento aos sinais que seu cachorro está dando. Observe a respiração, se o cachorro estiver com a língua para fora e muito ofegante, é o momento de parar para descansar e beber água. Sempre em pequenas quantidades e em intervalos regulares, não deixe para hidratar o cachorro apenas no fim da corrida. Prefira descansar com o cachorro em locais em que haja sombra.

Peso do cachorro

A corrida não é uma opção para os cachorros que estão acima do peso, comenta Weber Micael da Silva. Pelo contrário, o fato de correr pode acarretar problemas ainda maiores para o cachorro como lesões e rupturas de ligamento. Se o objetivo é que o cachorro perca peso, o ideal é consultar um veterinário que irá passar uma dieta específica para o seu animal de estimação.

Coleira apropriada

É essencial que seja utilizada uma coleira apropriada tanto para garantir a segurança do seu pet, como para não afetar sua postura durante a corrida. Portanto, pesquise por opções adequadas para seu cão e caso as corridas sejam feitas no período noturno utilize também uma lanterna. Esperamos que as dicas de Weber Micael da Silva possam te ajudar a correr com seu cachorro de maneira correta e divertida. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui